quinta-feira, 24 de julho de 2008

Meu maior erro que 'cometemos'

Como definir sentimentos?
Metade dos meu erros se fazem por eu não saber como expressar, sem que o outro compreenda exatamente o oposto...
Metade dos meus erros se fazem por eu sentir demais e pensar de menos.
E quando resolvo ser um pouco mais racional, percebo que de nada adianta, reprimir os sentidos apenas por esperar que o lógico dê mais resultados.
Não há equação para esse tipo de coisa.
Poderia me explicar ao máximo (mesmo detestando), que seria em vão.

Determinados erros de comunicação são verdadeiras armas num relacionamento.
Armas de ataque.
Para quem é fã de joguinhos de amor, é um pacote e tanto, cheio de bônus, e vantagens inimagináveis.
Mas, e para quem só quer que tudo dê certo, visto que as circunstâncias atuais são deveras complicadas e o melhor a se fazer é tentar manter uma convivência pacífica?

Penso logo: o problema deve ser comigo.. Por que manter falha de comunicação em todos os relacionamentos?

Obviamente que não é de propósito. Mas acontece sempre!
E agora começa a pesar.. Talvez seja mais uma coisa de homem e mulher, na qual eles não conseguem captar a essência real do que dizemos.. Talvez seja porque eu não gosto de me explicar e acabo metendo os pés pelas mãos.
Seja o que for, dessa vez não posso correr o risco de perder a pessoa mais importante.
E que sirva de lição, para quem insiste em cometer os mesmos erros:

às vezes, o melhor que temos a fazer é deixar acontecer, dar espaço pra interpretações sobre nós, e corrigir no que for necessário, a medida que se formem as opiniões,
pois no decorrer da convivência, quem realmente importa, saberá definitivamente quem você realmente é.




2 comentários:

nath. disse...

welcome, sweetie.

Bruno Sales disse...

Ótimo começo! ;D