terça-feira, 13 de janeiro de 2009

simple wish

dia 12/01

Hoje eu vi uma estrela cadente.
É um evento estranho, rápido, a pessoa até duvida se realmente a viu, mas os segundos em que ela aparece, caindo de um ponto a outro na imensidão do céu, vale um pedido. Qualquer um, se você realmente mean it.
Fiquei tão feliz com o que tinha acabado de presenciar, que esqueci de fazer o pedido imediatamente. Passou algum tempinho, até que eu fechasse meus olhos e os abrisse de novo, sussurrando comigo mesma: eu desejo ser muito feliz.
Então, uma lágrima caiu e eu dei um sorriso.

Porque na confusão do dia-a-dia, no sufoco de uma dúvida e na dor de uma coisa específica, não custa nada apegar-se ao que acreditávamos quando criança, olhar o espaço sideral desejando saber o motivo de fazer parte de tudo isso, esperando que exista todas as respostas em algum lugar na via láctea, e que um simples desejo preso na cauda de uma estrela possa ser supreendentemente atendido.

*

Um comentário:

Karla Brito disse...

tu chorando com a estrela cadente e eu chorando na frente do teu blog lendo esse post...